Melgaço lidera projeto ibérico que busca conectar seis municípios por meio de redes térmicas

 

Melgaço, no alto Minho, concluiu todas as obras que apresentou ao projecto Raia Termal – que envolve seis municípios portugueses e galegos localizados nas bacias dos rios Minho e Lima – e prepara-se para iniciar a promoção do destino térmico.

“Podemos dizer que é Melgaço, dos municípios galego e português, qual será a execução, estaremos com uma execução de 70%, num investimento de 250 mil euros”, afirmou hoje o presidente da Câmara de Melgaço, Manoel Batista.

Com um orçamento de cerca de dois milhões de euros, o projeto Thermal Raia é desenvolvido no âmbito do Programa de Cooperação Espanha-Portugal INTERREG VA (POCTEP) 2014-2020 e co-financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER). Coordenado pela Confederação Hidrográfica do Minho-Sil, integra, no lado espanhol, na província de Ourense, os municípios de Cortegada, Lobios, Bande e Muíños.

No norte de Portugal, os municípios de Melgaço, no distrito de Viana del Castillo, e as Terras de Bouro, no distrito de Braga, fazem parte do Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG). Em Melgaço, o presidente socialista disse que o projecto de valorização dos recursos térmicos naturais tem um orçamento total de 370 mil euros.

Manoel Batista garantiu “todas as ações físicas são implementadas” – propostas – “a requalificação do parque termal, o arranjo da área de estacionamento ao lado da entrada do parque, a transformação do campo de minigolfe em uma área de fitness para completar a oferta e a substituição dos comportamentos do lago ao lado do parque “.

Fonte: Observador.pt